5 DICAS PARA VOCÊ DOMINAR A TÉCNICA DE PALHETADA ALTERNADA COM SALTO DE CORDA

Tempo de leitura: 2 minutos


Olá sou Anderson Liam,

Você tem dificuldades de tocar aqueles solos que tem palhetadas alternadas com salto de cordas?
Quando vai tirar uma música e chega num trecho de salto de cordas você pensa ferro!

Então fica comigo que vou te mostrar 5 dicas para você melhorar sua técnica de palhetada alternada com salto de corda.

Um bom sincronismo é essencial, em vídeos anteriores falei um pouco sobre sincronismo, mas fique tranquilo que essas dicas também vão ajudar muito você melhorar seu sincronismo.

A Palhetada alternada aqui, tem que estar afiada afinal vamos aumentar a dificuldade da palhetada alternada, por não iremos tocar numa sequência as cordas vamos salta-las.

Por isso toque sempre bem devagar com total atenção nas duas mãos, isso será essencial para executar salto de corda.

Um ponto muito importante!

Confusão entre palhetada alternada e Sweep Picking. Na verdade, muitos guitarristas misturam essas técnicas de forma inconsciente, com isso não se consegue uma fluência no som muito característica da palhetada alternada e complica ainda mais em situações de salto de cordas.

Então fique atento você pode sofrer desse mal sem saber, eu mesmo já tive que filmar um guitarrista para que ele percebesse que fazia essa confusão!

Vou mostrar 3 exemplos de riffs que usam palhetada alternada com salto de corda.

  • Cabeça de bagre
  • Nothing to Say
  • Westing love

Primeiro tenha segurança e independência na palhetada

  1. Exercício Zero com corda solta, uma palhetadas por corda.
  2. Exercício Zero com corda solta, saltando as cordas, uma por vez (4 Palhetada por corda)
    1. A sequência das cordas ficaria: 6, 4, 5, 3, 4, 2, 3, 1.
  3. Exercício Zero com corda solta, saltando as cordas, alternando a corda 6 com as demais cordas (4 Palhetada por corda)
    1. A sequência das cordas ficaria: 6, 5, 6, 4, 6, 3, 6, 2, 6, 1.
  4. Exercício Zero saltando as cordas, acrescentando a mão esquerda, saltando as cordas, uma por vez (4 Palhetada por corda)
    1. A sequência das cordas ficaria: 6, 4, 5, 3, 4, 2, 3, 1.
  5. Exercício Zero saltando as cordas, acrescentando a mão esquerda, alternando a corda 6 com as demais cordas (4 Palhetada por corda)
    1. A sequência das cordas ficaria: 6, 5, 6, 4, 6, 3, 6, 2, 6, 1.

Dica de estudar os exercícios de sincronismo no aquecimento de cada sessão de treinos tocando sempre devagar com muita atenção nos movimentos que estão sendo executados em ambas as mãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *